notícias

Fonte G1

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018 00:23

Carille admite má atuação: "A gente tem que jogar mais"

O técnico Fábio Carille reconheceu a má atuação do Corinthians na derrota por 1 a 0 para o São Bento, nesta quarta-feira, em Itaquera, pelo Campeonato Paulista. Foi o segundo resultado negativo consecutivo do Timão no torneio – perdeu para o Santo André, na última sexta-feira.

– Não fizemos por merecer, temos de ser justos. A gente tem que jogar mais, e sabemos que podemos jogar mais. É bom que está acontecendo num momento que ainda dá para melhorar o time, trabalhar o que precisa trabalhar. Vamos fazer um bom jogo contra o RB para ir com confiança para o clássico (contra o Palmeiras) e depois para a estreia da Libertadores (contra o Millonarios). Graças a Deus está acontecendo num momento que dá para consertar – afirmou.

O Corinthians teve muita dificuldade na criação de jogadas de ataque contra o São Bento. Durante o primeiro tempo, o treinador reclamou dos passes errados (foram 38 no total). O Timão criou sua melhor chance apenas aos 40 minutos do segundo tempo, quando Romero, de cabeça, parou em boa defesa de Rodrigo Viana.

– Ainda não tenho os números de quanto erramos, mas imagino que foi bastante. Erros de passes, e isso chama o adversário. Você precisa mudar de lado, sair da direita e ir para esquerda, da esquerda para a direita. Agora é ir para campo. A partir de amanhã (quinta) passamos a trabalhar o time para enfrentar o RB. Temos um jogo-treino importante contra o Atlético-PR que será pesado, eles vêm com time principal. Vou ver as condições do grupo e escolher os 11 para continuar na competição – disse.

Carille não descartou mudar novamente o esquema tático. O treinador deixou o 4-2-3-1 campeão brasileiro e passou a adotar o 4-1-4-1 neste início de 2018. O rendimento, porém, não vem sendo satisfatório nos últimos jogos.

– Ainda estou em um processo de procurar. Gostei no começo do que a gente fez no 4-1-4-1, agora não está funcionando tanto. Preciso ver se são as peças ou o meu treinamento que precisa ser melhor. A partir de amanhã começo a ver isso.

Henrique e Marquinhos Gabriel como titulares

– Gostei, foi seguro. Ele é experiente. Ficou um jogo difícil para entendimento da nossa linha (defensiva) a partir do momento em que o São Bento fez 1 a 0. Já o Marquinhos fez um primeiro tempo bom, e amanhã eu começo a projetar. Não tem nada definido ainda. Ano passado eu comecei com Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel, terminei com Jadson e Romero. Comecei com Camacho, Fellipe Bastos, enfim... É um início ainda, e os melhores a gente tem que colocar em campo.

Desempenho de Juninho Capixaba

– Eu gosto de analisar um todo. Muita gente precisa ser melhor, ele também, outros também. Ele é jovem, fez poucos jogos pelo Bahia e já foi contratado. Ele demonstrou muita qualidade, mas talvez por uma confiança que não é grande está errando coisas que não poderia errar.



  • Compartilhe:
  • Link direto:

próximo JOGO!


vídeos!