notícias

Fonte Gazeta Esportiva

quarta-feira, 4 de julho de 2018 22:00

Corinthians vence o Cruzeiro por 2 a 0 no Mineirão

Se preparando durante a parada para a Copa do Mundo, o Corinthians venceu o amistoso contra o Cruzeiro, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, no Mineirão. O confronto “de volta” acontece na próxima semana, em São Paulo.

O Corinthians entrou mais ligado no jogo. No primeiro tempo, logo aos 13, a equipe abriu o marcador com Romero em um bom contra-ataque. Na segunda etapa, após muito sufoco, Pedro Henrique conseguiu ampliar para o Corinthians.

Primeiro tempo

Com a parada para a Copa do Mundo, as equipes aproveitam para medir suas qualidades e corrigir erros. O técnico Mano Menezes aproveitava, sobretudo, para observar como colocaria seu time em campo de agora para frente, considerando que não terá Fred, Sassá e Raniel, o trio está contundido.

A equipe foi armada da mesma maneira como o Cruzeiro conquistou a Copa do Brasil. Sem um homem de referência, com Rafael Sóbis fazendo o papel de homem de área, no entanto, com muita movimentação, abrindo espaços.

Claramente as equipes tinham comportamentos diferentes em campo. O Cruzeiro estudava mais o jogo, observava mais os lances, tinha mais cautela. O Corinthians – até pela forma que parou para a Copa do Mundo – estava mais “ligado” no jogo.

E justamente por estar atento ao jogo que o Corinthians chegou ao primeiro gol rápido. Logo aos 13 minutos, em uma jogada curiosa, o Timão abriu o marcador. Após cobrança de escanteio do Cruzeiro, a bola saiu pela linha de fundo. Walter cobrou o tiro de meta e armou o contra-ataque. Ele encontrou Clayson na frente e passou para Romero que chutou e bateu Fábio. Enquanto isso, a zaga do Cruzeiro foi pega de surpresa e não conseguiu recompor.

O jogo seguiu os mesmos moldes após o tento. O Cruzeiro tinha a posse de bola, buscava se armar, mas parava em seus próprios erros, as vezes de passe, outras na finalização. O Corinthians tinha uma base defensiva forte, bem armada, e buscava os contra-ataques.

O Cruzeiro fazia do seu lado direito mais forte, atacava bastante utilizando os passes de Edilson. Mas parava sempre na zaga paulista. O Corinthians, por sua vez, pegava essa bola e procurava Romero ou Clayson.

A melhor chance do Cruzeiro aconteceu aos 40 minutos, Thiago Neves, entrou na área, chutou forte e obrigou Walter a fazer uma grande defesa.

Segundo tempo

Com várias alterações, o Cruzeiro voltou melhor na etapa final. O Corinthians não conseguia se encontrar e deixava vários espaços para a Raposa armar boas investidas.

Aos 10, o Cruzeiro quase abriu o placar. Em boa investida pela esquerda, Marcelo Hermes driblou um adversário e chutou cruzado. Walter fez a defesa, mas a bola sobrou para Patrick Brey. Ele chutou e a bola passou por cima.

No lance seguinte, o Cruzeiro chegou novamente com Rafael Sóbis. O camisa 7, dentro da área, finalizou, mas a bola foi fraca. Ele reclamou penalidade, mas o árbitro não deu ideia.

Quando o Cruzeiro era muito melhor em campo, atacava de todas as formas, lutava para empatar o duelo, levou o segundo gol. Aos 29, em cobrança de falta da esquerda, a bola encontrou Pedro Henrique que mandou a bola para o fundo das redes.



  • Compartilhe:
  • Link direto:

próximo JOGO!


vídeos!