notícias

Fonte Gazeta Esportiva

domingo, 8 de julho de 2018 13:03

Reservas do Timão comandam virada sobre o Grêmio

O Corinthians viu seus reservas mostrarem uma intensidade surpreendente na manhã deste domingo, na Arena Corinthians, e chegou a uma virada sobre o Grêmio, no segundo amistoso da equipe nesta inter-temporada. Após ser dominado no primeiro tempo e sair atrás com gol marcado por Léo Moura, o Timão viu um esquadrão reserva liderado por Danilo virar com gols de Matheus Matias e Marquinhos Gabriel para sair com a virada.

O triunfo foi o segundo consecutivo de Loss em amistosos, conciliado com o 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no meio da semana passada. Antes da retomada das competições oficiais, o clube do Parque São Jorge volta a enfrentar a Raposa na quarta-feira, dia 11 de julho, às 20h (de Brasília), mais uma vez em Itaquera.

Grêmio põe Corinthians na roda

O primeiro tempo mostrou um Grêmio bem tranquilo no gramado de Itaquera diante de um Alvinegro que conseguiu a proeza de, entre amistosos separados por apenas quatro dias, negociar dois titulares. Mal posicionado defensivamente, o Timão foi presa fácil tanto na saída de bola quanto na entrada da sua área, penando para marcar a boa movimentação de Luan, Everton e companhia.

A premiação gaúcha veio logo aos cinco minutos de bola rolando, quando Everton tabelou com André e passou com facilidade por Pedro Henrique. O atacante parou em boa defesa de Walter, mas a zaga estava tão desarrumada que Léo Moura entrou livre pela direita para pegar o rebote e tocar para o gol, tirando fácil de Avelar que tentava bloqueá-lo.

Os visitantes seguiram melhores em campo e quase ampliaram em contra-ataque puxado pelo mesmo Everton, mas o jogador foi derrubado após disputa com Mantuan. O juiz, no entanto, ignorou e mandou o lance seguir. Na resposta, Mantuan foi bem pela direita, ganhou da marcação e cruzou rasteiro, mas Roger acabou travado por Paulo Miranda na hora do chute.

O lance de perigo pareceu dar mais confiança aos donos da casa, que quase conseguiu o empate antes do intervalo. Em boa jogada de Pedrinho pela direita, o garoto acionou Avelar na entrada da área. Calmo, o lateral esquerdo viu que Ramiro chegava desesperado na cobertura, deu um chapéu no adversário e chutou sem deixar a bola cair, carimbando o travessão do goleiro Marcelo Grohe.

Corinthians melhora e tem heróis improváveis

Assim como ocorreu no meio da semana, os reservas do Alvinegro ganharam uma chance na etapa final e, diferentemente do que ocorreu no Mineirão, melhoraram muito o desempenho da equipe. Com destaque para a intensidade do volante Thiaguinho, o Timão pressionou a saída de bola do adversário e quase empatou com o próprio meio-campista, que acabou chutando por cima do gol.

Quando o ritmo diminuiu, os donos da casa viram uma antiga arma surgir. O meia Danilo, muito aquém do que já foi capaz de oferecer, passou a ditar o ritmo do jogo e colocou Juninho Caíxaba em boa condição. Na primeira, o canhoto foi desarmado. Na segunda, invadiu a área e foi travado pela zaga. Mateus Vital bateu rapidamente o escanteio, Léo Santos raspou na bola e, após bate-rebate, Matheus virou rápido para chutar no canto e empatar.

O gol, muito comemorado pelo garoto ex-ABC, inflamou a torcida e fez com que os alvinegros partissem para o ataque. Mais uma vez em lance clareado por Danilo, Capixaba recebeu na lateral esquerda da área e cruzou rasteiro, na marca do pênalti, onde Marquinhos Gabriel bateu de primeira, sem chances para Paulo Victor, virando o placar.

A empolgação corintiana ficou ainda maior e sufocou o Grêmio, podendo ainda fazer um terceiro gol até o apito final. A melhor chance veio quando Léo Santos recebeu lançamento na área, deu um chapéu na marcação e tentou encobrir o goleiro Paulo Victor, que saiu bem e manteve o placar em 2 a 1.



  • Compartilhe:
  • Link direto:

próximo JOGO!


vídeos!