António Oliveira vê vitória como pequeno passo do Corinthians e elogia elenco

António Oliveira vê vitória como pequeno passo do Corinthians e elogia elenco
Marcos Ribolli

António Oliveira quer pés no chão após estrear pelo Corinthians com a vitória por 2 a 0 sobre a Portuguesa, neste domingo, na Neo Química Arena, pelo Paulistão.

O resultado encerrou a sequência de cinco derrotas seguidas e tirou o Timão da zona de rebaixamento, mas para o treinador este ainda é um pequeno passo.

– Foi um pequeno passo, o caminho que temos pela frente, acertamos, erramos, não é em dois dias que se constrói uma equipe. Esta equipe tem talento, mas precisa competir sempre. Se fizermos isso, temos muita gente aqui que pode resolver jogos – respondeu.

O ex-comandante do Cuiabá assumiu o Corinthians na sexta, comandou dois treinos e já foi para a estreia na Neo Química Arena.

Em pouco tempo de trabalho, o foco do português foi acertar algumas movimentações tanto na construção de jogo quanto na marcação. Mas ele admite que o período foi muito curto.

– Nestes dois dias fui eu que fiz muita questão de hoje estar aqui presente. Não se faz tudo em dois dias, mas se dá o mínimo de organização com e sem bola, podemos trabalhar o que é início de pressão, bloco médio, bloco baixo. Definir comportamentos, início de construção e tiro de meta. Há muitos comportamentos a serem trabalhados, e a bola parada que é fundamental, porque pode determinar jogos para um lado.

– Estou muito feliz por aquilo que eles se comprometeram a fazer, foi quase contra o relógio. Mas tentaram fazer sempre tudo, há acertos, há erros, mas eles competiram. Por isso eu, como treinador, estou muito agradecido a eles – completou.

Com a vitória deste domingo, o Corinthians chegou a seis pontos, ainda na lanterna do Grupo C, mas agora fora da zona de rebaixamento do Paulista. O time volta a campo na quarta-feira, quando enfrenta o Botafogo-SP, às 21h35 (de Brasília), fora de casa.

Informações ge